Faça seu login para acessar
o histórico acadêmico
 
   
Escola Futura
Av. Guarani 405 - Jd. Guarani - 13.100-211
Telefone: (19) 3253-0346
Matriculas Abertas 2014

 

Matrículas Abertas 2014


link_logo.gif
[ Você está aqui: Escola Futura » Sistema de Avaliação ]


 Processo de Avaliação na Escola Futura

 

 

A avaliação na Escola Futura é  processual, acumulativa e diagnóstica, ela  atravessa toda a prática docente e  leva  em consideração os avanços e recuos dos alunos em relação aos objetivos / conceitos / metodologia.

 

Sendo a avaliação:

 

cumulativa - todos os avanços e recuos são historicamente analisados, serão considerados durante o processo

 

diagnóstica - erro e acertos darão ao professor e ao aluno indicadores da adequação entre teoria e prática (objetivos / conceitos / conteúdos / metodologia / avaliação).

 

processual os resultados do processo de avaliação são expressos por meio de conceitos trimestrais e anual em todas as séries do Ensino Fundamental e Médio, com a seguinte significação:

 

Na avaliação do aproveitamento são utilizadas as seguintes técnicas e instrumentos: provas, trabalhos individuais e de grupo entre outros que a iniciativa pedagógica do professor sugerir de acordo com a Proposta Pedagógica.

 

Em cada instrumento de avaliação o aluno recebe uma nota de aproveitamento de 0 a 10  nos dois primeiros trimestres e no 3º terceiro trimestre de 0 a 20, com intervalos de 0,5 décimos.

 

As notas trimestrais são obtidas pela média aritmética de cada instrumento de avaliação, dividido pelo número de instrumentos que foram avaliados de cada disciplina.

O aluno deve obter na nota trimestral, o mínimo de 60% de aproveitamento dos conteúdos avaliados, ou seja, média 6,0 (seis) nos dois primeiros trimestres e 12,0 (doze) no 3º trimestre.

 

Cada trimestre tem os seguintes pesos:

1º. Trimestre = peso 1

2º. Trimestre = peso 1

3º. Trimestre = peso 2

 

A média anual é resultante da média aritmética obtida nos 3 trimestres, soma dos trimestres dividido por quatro (4), ou seja, 6,0 pontos (média anual).

 

O aluno que não obtiver a média anual igual ou superior a 18,0 pontos não poderá fazer a recuperação final.

 

As avaliações devem ser vistas como momentos de reflexão que possibilitarão a diagnose do quanto o professor e aluno caminharam rumo aos objetivos levantados. Os alunos que não atingiram os objetivos propostos para o trimestre, serão orientados para projetos de reforço, recuperação paralela e avaliação de recuperação final.

 

Existem três momentos de sínteses provisórias:

 

1o Trimestre: fevereiro/março/abril

2o trimestre:  maio/junho/agosto

3o trimestre:  setembro/outubro/novembro

 

O trimestre tem por objetivo permitir que os alunos tenham o máximo de oportunidades para avançar em seu desenvolvimento e aprendizagem, sempre calcados nos pressupostos de uma proposta pedagógica crítica.

 

No final do ano letivo os pais ou responsáveis que não concordarem com o resultado final do processo de ensino/aprendizagem de seus filhos poderão, como determina a Deliberação CEE 11/96, solicitar Reconsideração e se após ainda não estiver de acordo com a decisão do Conselho, poderão entrar com o solicitação de Recurso – via Escola Futura – à Diretoria de Ensino.

 

No entanto, é preciso ficar atento aos prazos:

 

Reconsideração = a solicitação do pedido de Reconsideração poderá ser feita até o 5º dia subsequente ao resultado final da avaliação.

 

Decisão do Pedido de Reconsideração = até o 10o dia subsequente à interposição do pedido, visto recesso escolar e o funcionamento da escola.

 

Pedido de Recurso = até o 5o dia subsequente a decisão do Conselho.

 

Entrega do Recurso à Diretoria de Ensino = até o 5o subsequente ao protocolo do recurso realizado na Escola.

 

 




Página Inicial   |   Localização   |   Contato   |    Mapa do Site
Escola Futura
Desenvolvido por Dinamicsite